Você que treina ou que está pensando em iniciar uma maratona para aumentar a massa muscular deve estar por dentro do que pode acontecer com o seu corpo. E praticar o processo correto evitando o indesejável. O catabolismo muscular é um deles.

Leia atentamente o artigo abaixo e decida por evitar problemas com a saúde e com catabolismo muscular. Sua aparência pode melhorar (e muito) com o trabalho muscular. Porém sua qualidade de vida é mais importante do que qualquer estética diante do espelho.

 

O que é catabolismo e anabolismo?

O catabolismo muscular consiste então na degradação de substâncias para a obtenção da energia. Mas, caso o corpo não esteja nutrido adequadamente, esse processo pode acabar destruindo os músculos para obter energia.

Então, para quem procura ter ganho de massa muscular, é preciso prestar muita atenção em sua alimentação para que o anabolismo do seu corpo seja maior que o catabolismo muscular.

Uma boa dica é acompanhar seu metabolismo basal, assim, ficará mais fácil controlar suas necessidades alimentares e de exercícios.

O metabolismo de nosso corpo é dividido em dois estágios de resultados opostos: o anabolismo e o catabolismo muscular. O anabolismo ocorre com a construção de moléculas a partir de outras, proporcionando a regeneração e crescimento de músculos.

Consegue-se este resultado quando o atleta busca a ajuda de um profissional competente para realizar os treinos da maneira correta. Assim ele consegue ganhar massa muscular.

Ou seja, o anabolismo acontece quando se ingere nutrientes adequados antes e após os treinos na academia, de maneira disciplinada. Pode ser os carboidratos e os alimentos ricos em proteínas. Ou os habituais suplementos, indicados pelo profissional que lhe acompanha. 

Uma boa dica é acompanhar seu metabolismo basal, assim, ficará mais fácil controlar suas necessidades alimentares e de exercícios.

O que é metabolismo basal? Como calcular?

O metabolismo basal corresponde a quantidade mínima de energia necessária para o organismo em repouso manter suas atividades vitais no período de 24 horas.
Para controlar seu metabolismo, é essencial aprender a calcular seu metabolismo basal ou taxa metabólica basal (TMB). Esse cálculo é feito com base na equação de Harris – Benedict, que utiliza 5 fatores: o sexo, a idade, a altura, o peso e atividade física.
EQUAÇÃO DE HARRIS-BENEDICT

-TMB Mulher = 655,1 + 9,5 x Peso (kg) + 1,8 x Altura (cm) – 4,7 x Idade

-TMB Homem = 66,5 + 13,8 x Peso (kg) + 5 x Altura (cm) – 6,8 x Idade

Obtido o valor da TMB, é só multiplicar pelo nível de atividade física e de stress, obtendo-se, assim, as necessidades energéticas diárias de um indivíduo. Além disso, essa taxa pode ser influenciada por diversos outros fatores, como genética, a idade, o gênero, o estilo de vida e a quantidade de massa magra no corpo.

 

Tipos de metabolismo

Existe ainda o conceito de metabolismo rápido e metabolismo lento. Eles influenciam diretamente a sua capacidade ganhar massa magra e perder gordura. O fato de metabolismo ser mais acelerado ou lento é influenciado por fatores genéticos e também por hábitos de cada indivíduo.

As pessoas com metabolismo acelerado tendem a gastar mais rápido as calorias, dificultando o ganho de peso e facilitando o ganho de massa magra. Enquanto isso, as pessoas com metabolismo lento tendem acumulam mais calorias, dificultando a perda de peso e ganho de massa magra.

Efeito perverso

O efeito oposto chama-se catabolismo muscular. Os músculos não respondem adequadamente e a saúde do indivíduo é comprometida. Acontece com quem começa a fazer academia sem uma preparação. Seja por conta própria ou o uso de medicamentos sem indicação médica.

Para reverter os efeitos do catabolismo muscular, o processo pode ser dolorido e demorado. Pois ninguém consegue músculos maravilhosos de um dia para o outro. É normal sentir câimbras e dores por todo lado. Na maioria dos casos é preciso ter o apoio de um fisioterapeuta e até injeções nos músculos.

Sem exageros, pode-se dizer que o catabolismo atrofia os músculos e tecidos, pois se o indivíduo “pega pesado” demais nos treinos e não dá tempo para os músculos descansarem, sobrecarrega os membros e não repõe a energia necessária para que o organismo funcione normalmente.

Tratamentos

Algumas clínicas, recebem clientes que enfrentam o problema o catabolismo muscular e aplicam a eles uma dieta detox e elaboram séries de exercícios realmente eficazes e pouco invasivos para mostrar ao corpo as atividades favoráveis.

Além disso investem no relaxamento com massagens corporais, acupunturas e sessões de alongamento. Melhor do que remediar, é prevenir os problemas com o auxílio de profissionais desde o primeiro dia de treino para ganhar massa muscular, impedindo efeitos colaterais negativos.

Para evitar qualquer lesão ou criar hábitos prejudiciais a saúde, o primeiro passo é procurar um acompanhamento profissional para que as séries de exercícios sejam mapeados de acordo com a sua estrutura, capacidade, peso e objetivo definido, evitando assim de vez o catabolismo muscular.

A alimentação deve ser balanceada e com os suplementos regrados evitando o uso desenfreado das vitaminas e riscando do cardápio qualquer tipo de medicação não supervisionada. Não caia nesta de usar anabolizantes e muito menos soluções caseiras milagrosas que você não conhece as procedências más em muito pouco tempo poderá conhecer os efeitos colaterais prejudiciais e um terrível catabolismo muscular.

 

Conclusão

Se você treina bastante e está em um processo de ganho de massa magra saber sobre o catabolismo é essencial! Ele é uma das grandes preocupações de quem vive na academia, pois ele é um dos principais responsáveis por degradar a musculatura.

Nesse artigo você aprendeu tudo sobre o catabolismo e o ganho de massa muscular, agora é só começar o seu treino!! 💪💪

 

Leave a comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.